top of page

CAPOEIRA - ORIGEM E NOMENCLATURA



A capoeira é uma luta criada no Brasil mas que tem sua origem no continente africano. Vamos nesse texto falar sobre a origem da capoeira.

A historia da capoeira se confunde um pouco com a historia do Brasil. Com a descoberta do Brasil pelos Portugueses, e com o regime de colonia de exploracao, que foi usado no Brasil, os Portugueses entraram para a comercializacao de esceravos. Indo até a Africa, mas precisamente na Regiao de Angola e outras, buscar comprar mao de obra escrava e levar os africanos escravizados para o Brasil para serem lá vendidos e trabalharem na plantacao de cana de acucar. Os Africanos escravizados viviam nas fazendas dos Senhores de Engenhos, nas chamadas Senzalas, em condicoes sob humanas.

Para o Brasil foram trazidos africanos de diversas nacoes que tinha uma lingua diferente e costumes diferentes . Essas nacoes africanas foram colocadas juntas no Brasil de propososito, para os africanos escravizados terem dificuldade de se comunicar. Com isso houve uma misturas de culturas africanas no Brasil que nem na propria Africa aconteceu. Dentre tantos costumes que foram trazidos e misturados estavam a musica, religiao, culinaria como tambem as lutas de cada nacao todos esses costumes se msituraram aqui e deram origem a varias manifestacoes culturais afro-brasileiras dentro delas a capoeira

A Capoeira nao chega aqui já com esse nome, foi todo um processo de fatos e acontecimentos que gerou a capoeira.

Os Africanos escravizado usavam de suas lutas (defesas pessoas) para tentar se livrar da vida na Senzala. Ao tentar fugir e ser perseguido pelo Capitao do Mato, era com esses golpes e movimentos de corpo que eles se defendiam e atacavam para poder fugir para as matas e criar os Quilombos (Povoacao dentro da mata onde os Africanos que fugiam se escondiam e viviam com uma certa liberdade). Quando o Capitao do Mato voltava para a Fazendo do Senhor do Engenho sem o africano escravizado, o Senhor de Enegenho perguntava: “ cadê o escravo ?” e o Capitao do Mato respondia “me bateu na capoeira” quereno se referir ao local(capoeira significava mato rasteiro, mato cortado, grama) onde o Africano escravizado o atingiu com um golpe. E isso se repetiu tantas vezes que eles deram o nome a aquela luta, aqueles golpes e movimentos de corpo que o africano usava de CAPOEIRA.


Estilos de Capoeira

Dando um pulo agora para falarmos de Capoeira Angola e Capoeira Regional.


Quando a Capoeira sai dessa fase de luta pela liberdade e passa a ser praticada como manifestação cultural com instrumentos, música e rodas de Capoeira, O QUE TAMBÉM É UMA FORMA DE LUTAR PELA LIBERDADE (aqui me refiro a Capoeira baiana que praticamos hoje) é , Capoeira, era referido apenas pelo nome CAPOEIRA. Aí teve o Mestre Bimba, um capoeirista que estava aprendendo capoeira e resolveu criar outra capoeira, então ele disse: “Eu queria criar uma capoeira que voltasse para a luta porque a capoeira que eles praticavam naquela época era só para demonstrações de turistas ” e então ele cria a Luta Regional Baiana, que mais tarde é renomeada como Capoeira Regional depois que Mestre Bimba criou a Capoeira Regional, a questão permanece - se a Capoeira que Mestre Bimba criou se chama Capoeira Regional como já existia? – então eles disseram que o outro era de Angola e por isso o nome Capoeira Angola foi dado.

A Capoeira Angola tem como principal mestre o Mestre Pastinha. Mestre Pastinha não criou a Capoeira Angola, ele era o guardião da Capoeira Angola. Conta a história que tinha uma Roda que só os Mestres tinham e nessa Roda os Mestres entregavam a Capoeira Angola para o Mestre Pastinha cuidar dela.

Então embora houvesse outros mestres. Mestre Pastinha e Mestre Bimba são os mais conhecidos e estudados.

Assim temos a Capoeira Angola e a Capoeira Regional como estilos de Capoeira e Mestre Pastinha e Mestre Bimba como os principais Mestres de Capoeira.

Mestre Pastinha é o guardião da Capoeira Angola.

Mestre Bimba, o criador da Capoeira Regional.




 

#1: CAPOEIRA ANGOLA


A Capoeira Angola tem suas peculiaridades. Como já sabemos, a Capoeira Angola tem como principal mestre o Mestre Pastinha. Mestre Pastinha introduziu as cores amarelo e preto como as cores oficiais da Capoeira Angola. Pelas cores do seu time de futebol, o Ipiranga. O uniforme consistia em uma camisa amarela e calças pretas. A capoeira angola é praticada com os pés nos sapatos ou tênis.


Na Capoeira Angola não existem graduações como cordas ou cordões. Normalmente os títulos usados ​​na Capoeira Angola são: Trenel e Mestre.


Quanto à musicalidade, essas são características da Capoeira Angola:

O uso de 3 berimbaus (gunga, médium e viola), atabaque, pandeiro, reco-reco e agogô. Esta seria uma formação básica para uma bateria de Capoeira Angola.


Quanto aos toques do berimbau da Capoeira Angola, os mais conhecidos e mais executados na roda são:

Angola, São Bento Pequeno de Angola, São Bento Grande de Angola, Jogo de Dentro e Angola Dobrada. Existindo outros toques.


Normalmente em uma Roda de Capoeira Angola o Berimbau Gunga Angola, o Berimbau Médio São Bento Pequeno e o Berimbau Viola São Bento Grande de Angola jogam e fazem as variações.


O ritual da roda de Capoeira Angola segue a seguinte forma:

Iniciamos a roda de Capoeira Angola com uma lidainha (ou chula), depois da lidainha vem a saudacao (durante todo esse tempo não é permitido jogar, os capoeiristas se acovardam esperando o início dos corridos (ou chulas) que os Cantos podem ser jogado na capoeira, a roda se desenvolve, até que cantem músicas de despedida, como "adeus, adeus..." para encerrar a roda.


#2: CAPOEIRA REGIONAL


A Capoeira Regional foi criada pelo Mestre Bimba e tem nele toda a sua essência. Na Capoeira Regional não há cordas ou cordões, a graduação é feita com lenços de diversas cores, cada cor representa um nível de aprendizado.

São 4 cores de lenço na Capoeira Regional azul, amarelo, vermelho e branco.


O lenço azul é para Aluno Formada, os lenços amarelo e vermelho representam as especializações em Capoeira e o lenço branco é para Mestre e que também é chamado de Mestre Charangueiro. Os títulos na Capoeira Regional são Aluno Formado, Professor e Mestre.


Na Capoeira Regional existem métodos de ensino desenvolvidos pelo Mestre Bimba.


Temos a sequência da Capoeira Regional, que são ataques e defesas simulando um jogo de Capoeira dividido em 8 partes, o Cinturão Desprezível, são movimentos de projeção onde o aluno aprende a projetar e também projeta ao seu parceiro de treino e aterrissando em pé, e o Esquetes (jogo simulado entre alunos envolvendo ataque, defesa e projeção).


Mestre Bimba também criou cerimônias na Capoeira Regional como Batizado, Fotmatura e Especiallizacoes.


Em termos de musicalidade, as seguintes características da Capoeira Regional são:

Na Capoeira Regional utiliza-se apenas um berimbau, que tem um timbre bem característico, e 2 pandeiros. Essa é a formação da bateria (charanga) da Capoeira Regional.


Quanto aos toques de berimbau da Capoeira Regional, temos:

São Bento Grande de Regional, Banguela, Iuna, Santa Maria, Idalina, Amazonas e Cavalaria. E há alguns anos veio a "descoberta" de São Bento Pequeno da Regional.


Em uma roda de capoeira regional, o jogo da capoeira é desenvolvido de diferentes formas dependendo do toque utilizado.

O toque da Iuna é um toque muito especial, nesse toque só alunos apartir do lenço Azul (Aluno Formado) podem jogar. Nesse toque você também não canta. E no jogo a dupla deve realizar no mínimo 2 movimentos de projeção (balões).


O ritual da Capoeira Regional ocorre da seguinte forma:

A Roda da Capoeira Regional começa com o canto de uma quadra, seguido da saudação (não se joga neste canto) e depois os corridos, apartir do corridos se pode jogar.


#3: CAPOEIRA E MUSICALIDADE


Vídeos sobre musicalidade na capoeira:









3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page